Hipotireoidismo, a saga do acompanhamento eterno

segunda-feira, 23 de dezembro de 2013
postado por Tatiane K.

Quem tem hipotireoidismo que tem realizar o tratamento e o acompanhamento eterno. Graças a Deus eu tenho plano de saúde e ajuda com 75% dos medicamentos com receita. Minha mãe também tem hipotireoidismo e ela faz o acompanhamento via SUS. Vejo o quanto ela sofre para agendar consultas e exames. 

Fofocando um pouquinho, percebo que a minha mãe não faz o tratamento como deveria, como tomar o remédio em jejum e esperar pelo menos 30 minutos para tomar o café. De vez em quando dou uma puxadinha da orelha dela, enfim, só quero o bem dela.

De acordo com a minha médica não basta somente o exame laboratorial, mas também a análise clinica, como se sente. Eu me sinto beeem melhor como se não tivesse essa doença. A única coisa que me incomoda é as unhas quebradiças, eu ainda não descobri a causa.

Pelo resultado laboratorial meu exame está bom:



Lendo o post do Dr. Victor Sorrentino, a tendência nos Estados Unidos é que o normal seja considerado somente até 2,5, e em países como a Austrália, até 1,0.

Ela só me pediu esses dois exames, TSH e o T4 Livre, mas pelo que sei o importante é analisar também o T3. Na próxima consulta vou questionar se o hormônio T3 Livre é importante analisar.

Em junho/2014 refaço os exames e mais uma consulta ou quando receber o positivo do teste de gravidez. Deve ser assim eternamente. Continuo fazendo o tratamento com o medicamento Synthroid 50 mg.

5 comentários:

  1. Tatiane que remédio vc toma meu Tsh tá muito alto.

    ResponderExcluir
  2. Meu e Mail s.serrano.
    santos2014@bol.com.br vc sabe algum remédio natural que repõe o hormônio da tireoid?

    ResponderExcluir
  3. Olá Tatiane! Você tomava o Syntroide (para o hipotireoidismo) juntamente com o vitex. Pode isto?

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...